segunda-feira, 29 de junho de 2009

Além da fibra ótica

Te encherguei além do monte, lá onde a felicidade se esconde
li teus pensamentos, que voaram com o vento
ouvi à longa distância as batidas do teu coração
Como uma bússula fui me guiando pela pulsação
e na ânsia de te encontrar andei no deserto, trilhei caminhos incertos
em busca do destino
senti de longe teu suspiro, tua respiração ofegante
e pra tentar ser teu amante gritei pra ti me ouvir
atravessei a ponte parei pra te ouvir, fui sábio
saciei a sede de amor na fonte dos teus lábios,
lutei, me superei, cheguei até aqui só pra te ver sorrir.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Dinheiro não é tudo


A CPI tem realizado muitos projetos nas comunidades do RS, e um deles é o Hip-Hop e Cidadania da Rua para a Escola, que além de levar o Hip-Hop leva a dignidade pra moçada das periferias e isso é que é o mais importante para nós, apesar de muitas vezes não ganharmos dinheiro com nosso trabalho, somos muito felizes com o que fazemos, pois incentivar a mulecada a participar da sociedade de maneira positiva é uma missão não só da CPI mas de todos que se consideram realmente do Hip-Hop. Sabemos muito bem que tem gente circulando por ai, falando um monte de besteira e pensando só na grana, mas nós da CPI sabemos muito bem qual é o nosso papel e com certeza jamais andaremos zombamdo e desmerecendo a correria de ninguém, respeitamos nosso semelhante,pois somos além de solidários, socialistas ou seja pessoas que dividem o trabalho,a grana ganhamos com este trabalho e principalmente o conhecimento, isto porque acreditamos que com o protagonismo de cada criança e adolescente que participa de nossas ações temos a certeza de que nossas atitudes só vem a somar para com a sociedade e lamentamos muito que em nosso meio existam pessoas egoistas que ao invés de dividirem a fatia do bolo dividem o movimento!!!

sexta-feira, 19 de junho de 2009

A lâmpada de Aladim ou a latinha de Teen



O crack é uma droga ilegal, obtida a partir da merla - uma variação da pasta de coca, obtida como subproduto do processamento das folhas de coca, para obtenção de cocaína.
A merla é misturada ao bicarbonato de sódio e água. O bicarbonato de sódio faz com que a mistura tenha um baixo ponto de fusão (passagem de sólido para líquido) e ebulição (uma forma de passagem de líquido para gasoso), tornando possível a queima da droga com o auxílio de cinzas, que são colocadas em um cachimbo, junto ao crack.
O uso de cocaína por via intravenosa foi quase extinto no Brasil, pois foi substituído pelo crack, que provoca efeito semelhante e é tão potente quanto a cocaína injetada. A forma de uso do crack também favoreceu sua disseminação, já que não necessita de seringa - bastando um cachimbo, muitas vezes improvisado.
O crack eleva a temperatura corporal, podendo levar o usuário a um acidente vascular cerebral. A droga também causa destruição de neurônios e provoca no dependente a degeneração dos músculos do corpo (rabdomiólise), o que dá aquela aparência esquelética ao indivíduo: ossos da face salientes, braços e pernas ficam finos e costelas aparentes. O usuário de crack torna-se completamente dependente da droga em pouco tempo. Normalmente o viciado, após algum tempo de uso da droga, continua a consumi-la apenas para fugir aos desconfortos da síndrome de abstinência - depressão, ansiedade e agressividade - comuns a outras drogas estimulantes.


"Pedras" de crack.

O uso do crack - e sua potente dependência - frequentemente leva o usuário à prática de pequenos delitos, para obter a droga. Os pequenos furtos de dinheiro e de objetos, sobretudo eletrodomésticos, muitas vezes começam em casa. O dependente dificilmente consegue manter uma rotina de trabalho ou de estudos e passa a viver basicamente em busca da droga, não medindo esforços para consegui-la.
Estudos relacionam a entrada do crack como droga circulante em São Paulo ao aumento da criminalidade e da prostituição entre os jovens, com o fim de financiar o vício. Na periferia da cidade de São Paulo, jovens prostitutas viciadas em crack são o nicho de maior crescimento da AIDS no Brasil.
O efeito social do uso do crack é o mais devastador, entre as drogas normalmente encontradas no Brasil. video

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Eu assumo a culpa

Pelas palavras mal colocadas e mal interpretadas
Pelos e-mails não lidos
Por não elogiar teu vestido
Por deixar-te falando
Por não ficar te olhando
Pelas brigas no computador
Por te dar meu amor
Por não agradecer ao senhor
Por não te presentear com mais flor
Por cruzar teu caminho
Por te encher de carinho
Por te dar minha senha
por acreditar que tu venha
Por amar tuas mãos
Por atravessar tua canção
Por te envolver em meus sonhos
Por deixar de ser medonho
Por cair em teu olhar
Por te dar meu telefone
Por querer saber seu nome
Por te desejar no elevador
Por fazer papel de cafajeste
Por sentir o teu calor
Por te mandar aquele scrap
por querer sentir teu gosto
em pleno mês de agosto

QG da CPI em Alvorada


Nosso QG em Alvorada foi arrombado pela 3ºvez, e o mais triste de tudo isso é que as pessoas que nos roubaram são nossos vizinhos, pessoas que comeram, beberam conosco que usufruiram do nosso espaço, mais enfim aqui é tipo um desabafo já que tentamos de tudo pra manter o espaço e a comunidade não valorizou, é isso amigos eles preferem o crack invés do Hip-Hop, então vamos atráz de um lugar melhor,e creio que Deus nos dará muitas graças!!!!

Pro além


Outro dia deixei um post espiritual tipo uma oração, uma prece e logo que postei fui conferir e nada encontrei, sei lá o que aconteceu só sei que a expressão era tão forte e tinha tanto lamento e arrependimento que acho que foi pro além!!!